Sobre a pneumonia

A PNEUMONIA PNEUMOCÓCICA é uma infeccção causada por uma bactéria chamada Streptococcus Pneumoniae, também conhecida como pneumococo. Ela se aloja nos pulmões causando a irritação e, consequentemente, uma reação do seu sistema imunológico.

1.6 milhão de pessoas morrem de Pneumonia por todas as causas a cada ano no mundo.

Pneumonia por todas as causas é a 2ª doença respiratória mais comum no Brasil.

A Pneumonia por todas as causas em pessoas com mais de 50 anos representa 50% de todas as internações hospitalares no Brasil.

O envelhecimento é um fator de risco primário para doenças pneumocócicas devido à debilidade do sistema imunológico.

3 a cada 10 casos de Pneumonias por todas as causas em pacientes hospitalizados são causadas pela bactéria pneumococo (Streptococcus pneumoniae).

A vacinação é uma das melhores formas de reduzir a doença pneumocócica invasiva em adultos acima de 50 anos.

Principais sintomas

Fatores de risco

Tabagismo

Provoca reação inflamatória que facilita a entrada de agentes infecciosos.

Álcool

Interfere no sistema imunológico e na capacidade de defesa do aparelho respiratório.

Ar-condicionado

Deixa o ar muito seco, facilitando a infecção por vírus e bactérias.

Envelhecimento

É um fator importante, já que a capacidade de defesa do organismo se reduz com o tempo, especialmente a partir dos 50.

Mudanças bruscas de temperatura

Diabetes

Diagnósticos 3

Exame clínico, auscultação dos pulmões e radiografias de tórax são recursos utilizados para o diagnóstico. Consulte sempre um médico ao perceber os sintomas.

Tratamento 3

Os tratamentos das pneumonias bacterianas são feitos à base de antibióticos e a melhora costuma ocorrer em 3 ou 4 dias. A internação pode ser necessária quando a pessoa é idosa, tem febre alta ou apresenta alterações clínicas decorrentes da própria pneumonia, como comprometimento da função dos rins e da pressão arterial, além de dificuldade respiratória por causa da baixa oxigenação do sangue. Para mais informações consulte seu médico.

Como posso evitar? 3-6

1

Vacinar-se contra Pneumonia Pneumocócica

2

Não fumar nem beber exageradamente

3

Vacinar-se anualmente contra a gripe

4

Alimentação saudável

5

Exercitar-se regularmente

6

Observar as instruções do fabricante para manter o ar-condicionado em condições adequadas

7

Não se expor a mudanças bruscas de temperatura

8

Procurar atendimento médico para diagnóstico precoce de pneumonia, para diminuir a probabilidade de complicações

Diferenças entre as vacinas

Existem dois tipos de vacinas contra a pneumonia pneumocócica disponíveis para o público.

Vacinas Pneumocócicas Polissacarídicas: Em 1977, a primeira vacina contra o pneumococo foi licenciada com os componentes polissacarídeos da cápsula pneumocócica purificados. As limitações próprias de vacinas compostas somente de polissacárides, como a não eficácia em lactentes, a curta duração proteção, a ausência de memória imunológica, a não atuação no estado de portador e a tolerância imunológica após doses repetidas, impediram seu uso rotineiro para controle da doença pneumocócica. Atualmente é recomendado em populações em risco de desenvolver uma doença pneumocócica invasiva a partir de 2 anos de idade e na população senil. Podem conter até 23 sorotipos em sua composição.

Vacinas Pneumocócicas Conjugadas: Licenciada pela primeira vez em 2000, essas vacinas possuem o componente imunogênico polissacarídico associado (conjugado) com um componente proteico. Esse avanço de tecnologia das vacinas pneumocócicas conjugadas permitiu a conversão dos antígenos polissacarídicos, que induzem resposta imunológica independente de células T, em antígenos dependentes de células T (anticorpos de memória) capazes de induzir uma resposta imune mesmo em crianças abaixo de dois anos de idade, com produção de altos títulos de anticorpos e geração de memória imunológica por longo tempo, com capacidade de reduzir o estado de portador. Várias formulações de vacinas conjugadas com diferentes valências de polissacarídeos foram desenvolvidas podendo no momento conter até 13 sorotipos em sua composição.

Para mais informações sobre vacinas consulte seu médico e acesse o calendário de vacinação através do site da Sociedade Brasileira de Imunizações.

Locais de vacinação

Existem diversas clínicas que oferecem a vacina para pneumonia pneumocócica.

Minha localização

Realização:

Apoio: